Telefone Atendimento

(19) 3807-8855
(19) 3808-5053
Fax (19) 3807-7373

Encontre
seu  Imóvel

  • Qual Tipo de Negócio ?
  • Venda
  • Locação
  • Selecione uma cidade
  • AMPARO
  • CAMPINAS
  • MONTE ALEGRE DO SUL
  • PEDREIRA
  • PERUIBE
  • PRAIA GRANDE
  • SAO PAULO
  • SERRA NEGRA
  • SOCORRO
  • TUIUTI
  • Qual o Tipo de Imóvel ?
  • Apartamento/Flat
  • Área/Gleba
  • Barracão/Galpão/Armazém
  • Casa
  • Chácara
  • Escritório/Salão/Sala Comercial
  • Estacionamento
  • Fazenda/Haras/Sítio
  • Loja/Ponto Comercial
  • Mansão
  • Outros tipos de imóvel
  • Prédio Inteiro
  • Terreno
  • Quartos
  • Indiferente
  • 0 a 2
  • 2 a 3
  • 3 a 4
  • 4 a 5
  • 5 ou mais


  • EM BREVE LANÇAMENTO CIDADES D'ITALIA II
  • VENHA FAZER SEU CADASTRO!
  • RESERVA JACARANDA
  • (19) 3807-8855
  • OS MELHORES CORRETORES
  • PARA AJUDAR VOCÊ
  • LIGUE, MANDE UM EMAIL
  • TEMOS OS MELHORES IMÓVEIS
  • ESPERAMOS SUA VISITA
  • VENHA TOMAR UM CAFÉ COM A GENTE

IMÓVEIS EM  DESTAQUE

Chácara


PARQUE FLAMBOYANT
AMPARO-SP
Cód: 932


Apartamento

3 Quarto(s)
PARQUE CECAP
AMPARO-SP
Cód: 1012

$250,000.00

Apartamento

2 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
CENTRO
AMPARO-SP
Cód: 608


Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM SILVESTRE IV
AMPARO-SP
Cód: 1103

Locação:$1,300.00

Casa

2 Quarto(s)
JARDIM SANTA CECILIA
AMPARO-SP
Cód: 1032

Locação:$1,180.00

Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
JARDIM SILMARA
AMPARO-SP
Cód: 1102

Locação:$1,400.00

Apartamento

2 Quarto(s)
CENTRO
AMPARO-SP
Cód: 1101

$350,000.00

Salão Comercial


JARDIM EUROPA
AMPARO-SP
Cód: 1100

$650,000.00

Casa

3 Quarto(s) | 1 Suíte(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP
Cód: 1099

$390,000.00

Sala Comercial

2 Sala(s)


CENTRO
AMPARO-SP
Cód: 1098

Locação:$1,500.00

Casa

2 Quarto(s)
JARDIM SAO DIMAS
AMPARO-SP
Cód: 1097

Locação:$900.00

Sala Comercial

2 Sala(s)


CENTRO
AMPARO-SP
Cód: 1096

Locação:$1,100.00
Macedo Help Desk

ÚLTIMOS CADASTRADOS

Casa Casa

Locação:$1,300.00
3 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM SILVESTRE IV
AMPARO-SP
Casa Casa

Locação:$1,400.00
3 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
JARDIM SILMARA
AMPARO-SP
Apartamento/Flat Apartamento
$350,000.00
2 Quarto(s)
CENTRO
AMPARO-SP
Escritório/Salão/Sala Comercial Salão Comercial
$650,000.00
JARDIM EUROPA
AMPARO-SP
Casa Casa
$390,000.00
3 Quarto(s)
| 1 Suíte(s)
RIBEIRAO
AMPARO-SP
Escritório/Salão/Sala Comercial Sala Comercial

Locação:$1,500.00
CENTRO
AMPARO-SP

NOTÍCIAS

Agência Nacional de Energia Elétrica prevê bandeira tarifária amarela em junho

Segundo diretor-geral da Aneel, cenário quase não mudou em maio. Com isso, deve ser mantida cobrança de R$ 1 a cada 100 kWh de energia elétrica consumida. Aneel divulga bandeira na sexta (25). O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, afirmou nesta terça-feira (22) que a bandeira tarifária deve permanecer na cor amarela no mês de junho, o que significa uma cobrança extra de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumida. A bandeira do mês de junho será divulgada pela Aneel na próxima sexta-feira (25). “Como já entramos no período seco, não deve ter muita novidade. Eu tenho observado semanalmente as variáveis e acredito que deve continuar pela amarela”, disse. “Todo o cenário está na linha de manter [a bandeira na cor amarela]”, declarou. Em maio, a Aneel fixou a bandeira tarifária em amarela. Entre janeiro e abril de 2018, a bandeira tarifária ficou na cor verde, e não havia cobrança extra na conta de luz. A manutenção da bandeira verde coincidiu com o período de chuvas mais intensas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, onde estão as principais hidrelétricas do país. Com mais chuva, o armazenamento de água nos reservatórios sobe e o país usa ainda mais energia gerada por hidrelétricas, que é mais barata. No início do período seco, aumenta a possibilidade de acionamento das usinas termelétricas para poupar água dos reservatórios. As térmicas geram uma energia mais cara, e o dinheiro arrecadado pela bandeira tarifária serve para cobrir o custo adicional com uso dessas usinas. Arte/G1

Zuckerberg depõe no Parlamento Europeu sobre como Facebook usa dados das pessoas

CEO da rede social é sabatinado sobre privacidade de usuários e poder da ferramenta de desestabilizar eleições. Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, e Antonio Tajani, presidente do Parlamento Europeu. Yves Hermann/Reuters Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, enfrenta nesta terça-feira (22) as perguntas de parlamentares europeus sobre como a rede social protege as informações de seus usuários e qual é seu impacto sobre processos eleitorais. A ida do CEO ao Parlamento Europeu ocorre na esteira do uso indevido pela Cambridge Analytica dos dados pessoais de 87 milhões de usuários do Facebook, escândalo que levou o executivo ao Congresso dos Estados para prestar esclarecimentos por mais de 10 horas. Essas informações foram usadas para abastecer um sistema capaz de antecipar o posicionamento eleitoral durante a campanha de Donald Trump à presidente dos EUA. “Sempre haverá gente querendo usar esses dados com propósitos fraudulentos”, afirmou Antonio Tajani, presidente do parlamento. “A democracia nunca deveria se tornar uma operação encoberta.” “Não queremos o fim das redes sociais, mas queremos que elas garantam privacidade e segurança”, completou Tajani. “O parlamento deve estabelecer regras que essas plataformas devem seguir para evitar que o processo eleitoral seja colocado em risco.” Mais desculpas Zuckerberg começou seu discurso seguindo à risca a cartilha adotada diante dos norte-americanos: pediu desculpas pelo descuido do Facebook ao limitar acesso de terceiros aos dados de usuários e listou as atitudes que a rede social tomou depois da revelação do incidente com a Cambridge Analytica. “Também se tornou claro nos dois últimos anos que nós não fizemos o suficiente para evitar que ferramentas construídas por nós fossem usadas para fazer o mal, e isso inclui notícias falsas, interferências externa em eleições e pessoas usando dados de forma indevida”, afirmou. “Isso foi um erro e eu sinto muito.” Proteção de dados Apesar de mais combativos do que senadores e deputados norte-americanos, que, entre outras coisas, chegaram a perguntar qual era a fonte dos lucros do Facebook, os parlamentares europeus têm pouco poder. Muitas das diretrizes votadas por eles têm de ser reguladas por uma lei nacional para entrar em vigor. O bloco europeu é tradicionalmente mais duro com empresas que lidam com informações pessoais. Tanto é que começa a valer a partir desta sexta-feira (25), o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR), a regra mais dura para proteger dados sensíveis já implantada no continente desde a criação da internet. Antes mesmo de ser bombardeado com uma das grandes questões da sabatina, Zuckerberg se antecipou e afirmou que a rede social já estava preparada para cumprir as determinações do GDPR. O executivo afirmou que todos os usuários da rede social terão acesso às mudanças, como a que permite limpar o histórico do que é feito no site. Ativista protesta contra o Facebook e seu presidente-executivo, Mark Zuckerberg, antes de o executivo depor diante de parlamentares da União Europeia. Francois Lenoir/Reuters O escândalo do Facebook Em 17 de março, os jornais "New York Times" e "Guardian" revelaram que os dados de mais de 50 milhões de usuários do Facebook foram usados sem o consentimento deles pela Cambridge Analytica. Dias depois, o próprio Facebook retificou a informação e passou a estimar em 87 milhões o número de pessoas atingidas. A empresa britânica de análise política acessou o grande volume de dados pessoais após um teste psicológico, que circulou na rede social anos atrás, coletar informações. Os dados recolhidos não eram só os das pessoas que toparam fazer o teste. Havia também informações de milhões dos amigos delas. Para ter a acesso ao gigante estoque de dados, o teste não precisou usar hackers ou explorar brechas de segurança. Apenas aproveitou que, na época, o Facebook dava a liberdade para seus usuários autorizarem o acesso aos dados de seus amigos. O passo seguinte, no entanto, estava fora do raio de atuação do Facebook: após a coleta dos dados, o desenvolvedor do teste os compartilhou com a Cambridge Analytica. O escândalo deflagrou uma onda de ceticismo sobre como o Facebook protege os dados de indivíduos que estão presentes em seu site. A rede social passou a investigar o caso e já implementou algumas modificações, como: criou um atalho para usuários alterarem de forma mais simples suas configurações de privacidade; esmiuçou a política de dados e os termos de serviço, para incluir formas de coleta de informação até então ausentes, detalhar algumas práticas e ampliar essas regras para Instagram e Messenger; endureceu as normas de veiculação de campanhas políticas, para passar a exigir a identidade dos anunciantes; restringiu o uso de dados de usuários por aplicativos que não sejam usados por três meses pelas pessoas. Desde então, o fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, reconheceu que a empresa cometeu erros e que não fez o suficiente para evitar que a rede social fosse usada para causar danos. No Brasil, o Ministério Público do Distrito Federal abriu um inquérito para apurar se o Facebook compartilhou dados de usuários brasileiros com a Cambridge Analytica –segundo a rede social, os dados de 443 mil brasileiros podem ter sido comprometidos pela Cambridge Analytica.

Prefeitura de Curvelândia (MT) abre processo seletivo para 21 profissionais na área da educação

As vagas são para professor pedagogo e técnico de desenvolvimento infantil. Os salários são de R$1.711,11 e R$ 1.434,15, respectivamente. Vagas são para professor pedagogo e técnico de desenvolvimento infantil Divulgação A Prefeitura de Curvelândia, abriu um processo seletivo para contratar 21 profissionais na área da educação. De acordo com o edital, as vagas são para professor pedagogo e técnico de desenvolvimento infantil. Os salários são de R$1.711,11 e R$ 1.434,15, respectivamente. O edital está disponível na internet. Segundo a prefeitura, os interessados devem se inscrever entre os dias 4 de junho e 11 de junho na Secretaria Municipal de Educação de Curvelândia (SMECEL), no horário das 8h às 11h e das 13h às 16h. A secretaria está localizada na Avenida Mariana, no Centro de Curvelândia. O processo seletivo será feito por meio de prova de títulos referente à escolaridade e aperfeiçoamento profissional. São 13 vagas para professor pedagogo e 8 para técnico de desenvolvimento infantil.

CRECI J-27590

Rua João Arruda Pastana, 136
AMPARO / SP
CEP 13.900-500
Tel. +55 (19) 3807-8855
atendimento1@imobiliariagallo.com.br

Desenvolvido por
Sites para Imobiliaria